Paróquia São José / Arquidiocese de Palmas-TO - (63)-3217-1192
Formação
Textos formativos

Em que Cremos?

03 de December de 2013 0 comentário(s)
Notice: Trying to get property of non-object in /var/www/html/saojosepalmas.com.br/public_html/application/modules/default/views/scripts/index/artigodetalhe.phtml on line 40
Artigos

Em 11 de outubro de 2012 a Igreja Católica solenemente deu abertura ao "Ano da Fé" proclamado por sua Santidade, o Papa Bento XVI, data esta, muito significativa, pois se comemorava também o 50º aniversário da inauguração do Vaticano II e 20º aniversário da publicação do Catecismo da Igreja Católica. 


O Encerramento do ?Ano da Fé? se dará no dia 24 de novembro de 2013, onde a Igreja celebra a grande festa de Cristo Rei do Universo. Foi um ano de profundas experiências e reflexões tendo como foco principal "redescobrir o caminho da fé para fazer brilhar, com evidência sempre maior, a alegria e o renovado entusiasmo do encontro com Cristo" (cf. Porta Fidei, 2), e sem dúvida, já se pode contemplar os frutos desta rica experiência, onde os objetivos, foram alcançados com êxito através da evangelização, que partiu do princípio de que a fé é essencial para que o cristão seja, de fato, introduzido na comunhão com Deus, pois este é o desejo do Pai (cf. CEC, 27).


Este tempo favorável e privilegiado ajudou a todos os cristãos católicos na redescoberta de sua fé e, automaticamente contribuiu para que cada um pudesse valorizar as Palavras do Senhor e suas promessas encontradas nas Sagradas Escrituras, abrindo-se plenamente às suas propostas, isso na perspectiva da experiência pessoal com o Ressuscitado, pois, pela abertura à fé, esta experiência com o Cristo produz vida nova plasmando o coração de todos que, pela graça do Espírito Santo se abrem à mudança de mentalidade segundo a radicalidade da Palavra de Deus viva e vivida. "Crer só é possível pela graça e pelos auxílios interiores do Espírito Santo. Mas não é menos verdade que crer é um ato autenticamente humano" (CEC, 154).


Na medida em que o cristão se abre à Boa Nova do Evangelho, com certeza, seus pensamentos, afetos e o comportamento humano vão sendo, pouco a pouco purificados e transformados, e isso, ao longo de um processo que jamais se findará nesta vida (cf. porta fidei. n. 1). A fé, que atua pelo amor (Gl 5, 6), torna-se um caminho que muda todo o percurso da vida humana, fazendo de cada pessoa cada vez mais eficaz naquilo que faz enquanto missionários de Jesus Cristo e da Santa Igreja.


O Ano da fé teve como principal objetivo dar um renovado impulso à missão de toda a Igreja a fim de conduzir as pessoas para um caminho seguro rumo à amizade com Jesus Cristo e a volta ao primeiro encantamento com suas Palavras. Os numerosos frutos colhidos neste "Ano da Fé" servem e servirão de alimento para nutrir o reavivamento deste dom que nos abre a acreditar naquilo que não se vê: "Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem" (Hb 11,1). Cada coração, que se entrega a esta dinâmica, se encontra dilatado pela graça de Deus, a fim de realizarem o mandato de Jesus Cristo: "ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos?" (Mt 28, 19-20)


Que o Ano da Fé fortaleça a todos em sua caminhada, seja nos movimentos ou seja nas pastorais, seja no individual ou seja no coletivo, mas que de fato, seja a possibilidade de encontro com Jesus Cristo, para assim, redescobrir a preciosidade que Ele tem para cada um em particular durante o percurso da vida humana através de nossa abertura para dizer com convicção que cremos em Jesus Cristo, cremos na Santa Igreja Católica, cremos na Ressurreição da carne e na vida eterna.

Por Flavio Barraque Brandão
Missionário da Arquidiocese de Palmas
flaviobb.mineiro@hotmail.com

Artigo retirado do site www.arquidiocesedepalmas.org.br, em 03/12/13 às 16h40.

Comentários

Este Artigo não possui comentários ou o Administrador do Sistema ainda não autorizou a publicação dos comentários submetidos!!!

Adicionar Comentário